16.11.10

Mestre do samba: Candeia Filho

Para lembrar Candeia: sambista da velha escola do samba, portelense, partideiro, jongueiro, herdeiro da tradição do samba de Madureira-Osvaldo Cruz, falecido em 16 de novembro de 1978 a quem devemos a fundação da Escola de Samba Quilombo no auge do movimento negro no Rio de Janeiro na década de 70.
Mestre Candeia soube dar a volta por cima rompendo com a trágica situação que o vitimou numa turbulenta vida de policial que o deixou paraplégico. Como sambista inspirado e com a ajuda dos amigos voltou à vida e contribuiu para dar ao samba uma posição de resistência na sua morada suburbana e periférica com a fundação da Escola de Samba Quilombo em Acari.
Em curta entrevista no filme de Cély Leal "Noitada de Samba" outro mestre, Monarco, revela a dedicação e o carinho com com foi recebido na legendária roda de samba do Teatro Opinião em Copacabana.
Candeia merece muito mais!

Assista ao vídeo com depoimento dos filhos e do neto de Candeia:

Nenhum comentário: