30.12.10

O primo Tango

A mistura do ritmo bantu com a melodia espanhola mestiçada de influência árabe na Península Ibérica trazida para o enclave colonial da região do Rio da Prata entre o Uruguai e a Argentina resultou no Tango na passagem dos séculos XIX e XX.
Pátrias do tango Argentina e Uruguai tiveram sua população negra fortemente reduzida pelas guerras de independência desses países e pelos surtos de doenças decorrentes das péssimas condições de vida dos escravos-trabalhadores-soldados negros que sustentaram a criação dessas nações.
Processos de transculturação e históricos idênticos aos que ocorreram no Brasil também ocorreu nestes países entre as culturas negras e européias com o negro desempenhando um papel protagonista nessas misturas culturais que significavam não só sua sobrevivência como consistiam em estratégias de  sua resistência. 
Nos vídeos abaixo podemos perceber na interpretação rítmica da coreografia do tango semelhanças entre o fraseado das pernas com o gingado do samba. Os vários estilos do tango acentuados por suas variações regionais rítmicas e coreográficas irão variar de acordo com uma maior ou menor estilização da influência negra.



Nenhum comentário: