13.4.11

Jamaicanos pobres querem clarear a pele

A tentativa do clareamento da pele de pessoas negras é mais uma das perversidades do racismo. Um falso embelezamento que apenas representa a baixa autoestima de pessoas negras, e que atinge mais fortemente as mulheres, vítimas preferenciais dos estereótipos da beleza.
Agora é noticiado que na Jamaica os pobres da periferia da capital, Kingston, estão usando cremes clareadores caseiros feitos com produtos vindo do oeste da África (países de colonização francesa e inglesa) e banidos na Europa por serem cancerígenos.


Leia a matéria publicada no uol.com.br

3 comentários:

Ellen Miguel disse...

Q triste!!! fico chateada de ouvir isso. bjos

gi... disse...

triste e humilhante pra nós negros q lutamos por igualdade....

Rede Nacional da Juventude Negra disse...

Olá sou Jr Borges editor chefe do Renajune.blogspot.com, estou aqui para te convidar a integrar a nossa Rede. Temos como objetivo a interpromoção dos blogs da juventude afrodescende brasileira, para que possa participar da nossa rede pedimos que vc envie um e-mail para mim com o e-mail com o qual vc tem a conta do blogger.com, para Dalua_b@hotmail.com com as seguintes informações:
Um primeiro texto para postagem inicial
O seu MSN e Orkut se tiver
Uma foto sua que servirá de link para o seu blog
endereço do seu blog
Um pequeno texto para sua descrição.

Assim que possível, enviaremos para vc um pequeno banner para que vc adicione ao seu blog linkando-nos, divulgando divulgue a nossa Rede.