17.10.12

Suburbia, clichês e estereótipos para agradar a classe C

Suburbia apresenta muita ação, juventude, bundas, praia e violência. Ah, tem o amor, inevitável!
Suburbia, é o novo seriado da TV Globo com estréia em novembro próximo, e segundo sua apresentação o diretor "Luiz Fernando Carvalho, em sua busca por retratar a realidade", incluiu no elenco pessoas com trajetórias de vida parecidas com as de seus personagens. Tem o ex traficante que virou pastor evangélico, como na vida real, tem a "negona" de "bundão bunito", pernão, coxão e de shortinho socado que trabalha no lava jato para lembrar com molho cultural brasileiro as antológicas cenas de Car Wash, filme de elenco negro norte americano e de grande sucesso.


Suburbia tem ainda o concurso de Miss Subúrbio, só mulherão! Tem a/o travesti de  bocão vermelho, e muitos outros "ãos". Além de tiros, tráfico de drogas, mortes!
Suburbia não é no Divino - bairro imaginário de Avenida Brasil - mais ousados, mais realistas Suburbia, é talvez uma síntese de qualquer bairro do subúrbio do Rio ou do Grande Rio. Um clichê suburbano que deve agradar a emergente classe C, pelo menos, por ter um elenco de maioria negra, uma narrativa com ritmo e um tema próximo da vida da maioria pobre e preta desse imenso subúrbio nacional, que pouco passa na Globo.
Vale registrar que a chamada na tv, só apresenta o elenco negro, o que é uma certa novidade, mas, ao mesmo tempo, reforça o estereótipo do preto pobre na televisão.
Assista a algumas cenas do seriado no link: http://redeglobo.globo.com/videos/v/suburbia/2161291

Nenhum comentário: